Como diminuir a TPM com alimentação correta

24/03/2011 23:55

 

Como diminuir a TPM com alimentação correta


www.clinicaasinelli.com
Blog: http://maximoasinelli.wordpress.com
Blog: http://www.bemparana.com.br/maximosaude
Email: maximoasinelli@terra.com.br
Fone: 41 3015-6001
Endereço: Rua Professor Brandão, 50, Alto da XV, Curitiba/PR.



 



Ansiedade, depressão, alteração no humor (e comportamento), dores nas mamas... humm!! Apresentamos alguns dos sintomas bem conhecido pelas mulheres que as acompanham - pelo menos - uma vez por mês com a famosa tensão pré-menstrual, também conhecida pela sigla TPM.
A TPM severa deve ser tratada com medicamentos. Entretanto, a TPM leve ou moderada pode se beneficiar com alguns cuidados que podem ser adotados na identificação dos sintomas: exercícios físicos simples, como caminhada, arrumar os armários ou até mesmo cuidar do jardim. Além de, claro, uma boa alimentação.
Durante a TPM, é imprescindível que a mulher tenha cuidado com a alimentação. A compulsão pela comida poderá piorar os sintomas, principalmente os físicos por reterem mais água no organismo e, como conseqüência, aumentar o inchaço e a dor.
O nutrólogo Máximo Asinelli ensina alguns cuidados que podem amenizar os sintomas:
- Faça pequenas refeições ao dia, ao invés de três grandes;
- Limite suas calorias em 1200 a 1500. Fuja dos carboidratos, frituras e doces;
- Aumente a ingestão de verduras e frutas que contenham nutrientes importantes para o organismo;
- Beba muita água;
- Reduza a ingestão de sal. Ele faz com que o organismo retenha maior quantidade de líquidos, o que aumenta o inchaço generalizado e as dores;
- Prefira os alimentos que atuam como diuréticos.  Aqueles que fazem o corpo eliminar mais água, como:  morangos, melancia, alcachofra, aspargo, salsa e agrião;
- Aumente a ingestão de vitamina B. Ela facilita a produção de serotonina (também conhecido como hormônio da felicidade) pelo organismo. Coma germe de trigo, fígado, melão, arroz integral, aveia, ovos, amendoim e nozes.
- Alimentos ricos em cálcio: leite e seus derivados ajudam a diminuir as contrações uterinas e intestinais.
- Alimentos ricos em fibras, como legumes, verduras e pão integral melhoram o intestino e aliviam as cólicas menstruais.
E o mais importante: ame-se. Quem ama, cuida.
Doutor Maximo Asinelli (CRM-Pr 13037)
Médico Nutrólogo

 

 

by Monique Menezes